Postagens

COLUNA DE 17 DE OUTUBRO

Lamentável notoriedade

Dracena voltou às manchetes dos periódicos e portais de notícias da região, ao longo desta terça-feira. Infelizmente, da pior maneira, pois jornais e tevês registraram que “com crack na boca, rapaz de 20 anos resistiu à abordagem e desferiu chutes e socos contra policiais. Enfatizaram que “o flagrante se deu no jardim Brasilândia e que os policiais encontraram embalagens plásticas para embrulhar entorpecente e munição de festim, na casa do indiciado”.
Problemas crônicos
Segunda-feira (15), houve reunião ordinária do legislativo local. Como já se tornou tradicional, abundaram matérias sobre a conservação de vias públicas, limpezas de lotes e de bocas-de-lobo, assim como a instalação de redutores de velocidade. O que seria obrigação do poder executivo passou a fazer parte constante das reivindicações dos vereadores.
E o salário, ó!
A terceira semana de outubro foi marcada por mais um reajuste no preço dos combustíveis. O etanol aproxima-se da marca dos R$ 2, 90 e a gas…

COLUNA DE 14 DE OUTUBRO

Imagem
Um justo reconhecimento

Em 2002, as autoridades municipais de Tupi Paulista decidiram dar o nome de Belmar Ramos, ao estádio de futebol da cidade. A medida recebeu o total aval dos amigos e da população, pois Belmar era considerado o maior atacante que vestiu a camisa do lendário Tupi Esporte Clube (TEC). Belmar que era conhecido como Bananeira, em razão de sua estatura, veio de Três Lagoas (MS), para Tupi. No estado vizinho, integrou a seleção estadual que disputou o campeonato nacional. Ele contava com saudades da partida contra os cariocas, no estádio do Maracanã. Também teve curtas passagens pelo Noroeste de Bauru e pelo Nacional de Rolândia (Paraná). Em Tupi, além do futebol, tocou uma gráfica por várias décadas. E publicava o semanário “O Imparcial”. Com ele, trabalharam os tipógrafos Olívio Bosschaerts, Irineu Menegatti, Amorim e o franzino Tarzan, entre outros. De 1965 até pouco antes de sua morte, este que vos escreve teve a honra de ser seu redator. Mesmo já morando em Dracena,…

COLUNA DE 11 DE OUTUBRO

Na hora errada

Ontem, a Força Tática realizava patrulhamento na área rural de Nova Casa Verde, Nova Andradina (MS), quando, no assentamento São João, avistou um veículo com placas de Dracena, trafegando por uma estrada vicinal. Após abordagem, o condutor, um homem de 39 anos, passou a demonstrar nervosismo, sendo que, de imediato, os policiais encontraram, no interior do carro, várias caixas com relógios adquiridos no Paraguai, avaliados em R$ 45 mil. O motorista declarou que receberia R$ 600 pelo serviço, contratado por uma senhora desta cidade.
Dos males, o menor
Terça-feira, um caminhão bitrem, com placas de Dracena e carregado de diesel, tombou na rodovia Marechal Rondon, entre Agudos e Bauru. Chegou a se verificar derramamento de óleo na pista, mas não houve explosão nem contaminação. O motorista do veículo cujo nome não foi fornecido pelo policiamento rodoviário, saiu ileso.

Ninho em chamas
Num episódio atípico para seu perfil, o sempre educado e moderado Geraldo Alckmin, presidente …

COLUNA DE 8 DE OUTUBRO

Continua por lá!

Reinaldo Alguz logrou mais um grande feito com a conquista do quarto mandato, na assembleia legislativa estadual. Passa a ser o único representante do PV, com assento na casa. Em seu mais recente triunfo consecutivo, tem a responsabilidade aumentada em cuidar de sua cidade e de toda a região da Alta e Nova Alta Paulista.
Cartão vermelho
Muricy Ramalho, ex-treinador, atual comentarista de tevê e grande filósofo contemporâneo, declarou certo dia: “a bola pune”, numa crítica aos jogadores “pernas-de-pau”. Acrescentamos: “a urna também pune”. Cansado das trapaças e malversações de velhas raposas, o eleitor expulsa do Congresso figuras carimbadas como Eunício de Oliveira, Romero Jucá, Edison Lobão, Lindbergh Farias, Vanessa Graziotin, Cássio Cunha Lima, Garibaldi Alves, Roberto Requião, Jorge Vianna e Magno Malta, entre outros.
Ficaram pelo caminho
Em São Paulo, o petista Eduardo Suplicy e o emedebista Paulo Skaff não lograram sucesso em suas metas de chegar ao Senado e ao gov…

COLUNA DE 6 DE OUTUBRO

Imagem
Um dia de posse

Em 1º de janeiro de 1989, o urologista José Cláudio Grando tomou posse, pela primeira vez, como prefeito de Dracena. Oito anos depois, em 1997, ele voltaria ao cargo. A sessão solene de posse, no primeiro dia de 1989, foi presidida por Rael Inácio da Cruz. No pleito de novembro do ano anterior, ele foi eleito a vereador com a maior votação (450 votos), suplantando o companheiro Zezinho Garcia que, inclusive, sucedeu José Cláudio na prefeitura. Na foto do inesquecível Massaru Quinoshita, Rael comanda a reunião, com José Cláudio à sua esquerda. Ainda podem ser identificados, entre outros, Américo André (secretário do legislativo), Ignez Rezende Tammerik (delegada de ensino), Zezinho Garcia e major PM Augusto (comandante interino do 25º BPM). Rael Inácio da Cruz que possuía uma barbearia na avenida José Bonifácio, proximidades da igreja matriz, faleceu em setembro de 2015, num acidente de carro, na vicinal que liga ao bairro Oásis. Ele tinha 70 anos e era fanático pelo Corint…

COLUNA DE 4 DE OUTUBRO

Para morrer...

A administração municipal de Três Lagoas (MS) apresentou a previsão orçamentária de 2019. As prioridades continuam sendo a Educação e a Saúde. No setor educacional, observando-se os limites constitucionais de investimentos, a obrigação legal seria de 25%. No entanto, estão previstos investimentos de 26,71% da receita, ou seja, mais de R$ 124,6 milhões. Na área da saúde, em que o limite constitucional seria de 15%, devem ser aplicados R$ 152,5 milhões, ou seja, o equivalente a 22,83% da previsão de receita do município.
... de inveja

Segunda-feira (1º), por sinal, o setor de saúde de Três Lagoas foi destaque do Jornal Nacional (rede Globo), na série de reportagens "O Brasil que queremos" focado na Saúde, tema que, segundo a emissora, é a maior preocupação dos 50 mil brasileiros que participaram do projeto enviando vídeos de suas cidades. Atendimento humanizado, ausência de filas de espera e respostas de solução da maioria dos problemas nas Unidades de Atenção Bá…

COLUNA DE 2 DE OUTUBRO

O mesmo do mesmo

Culta leitora, não menos ilustrado leitor, dentro de mais alguns dias o estado terá um novo mandatário. Não esperem nada de mudanças no sistema de saúde da unidade considerada a mais importante do país. Os três primeiros colocados à sucessão de Alckmin não apresentam propostas razoáveis e terão problemas de orçamento. Também poucas evidências de progresso na educação e na segurança.
Descanso adiado
Ao longo dos últimos anos, a participação de pessoas com idade superior aos 60 anos vem aumentando, na força de trabalho do país. Além do envelhecimento da população, os idosos estão adiando a saída do mercado. E para protegê-los, o Estatuto do Idoso que ontem completou 15 anos, também trata de direitos relativos a trabalho e renda. Entretanto, alguns ainda não saíram do papel, alerta a Agência Brasil.
Seis por meia dúzia
Tão logo se encerrar o malfadado horário eleitoral gratuito, o brasileiro vai conviver com as discussões relativas à implantação do horário de verão. Trata-se …

COLUNA DE 29 DE SETEMBRO

Imagem
Uma visita ilustre
Em meados de 1996, durante seu primeiro mandato como governador do estado, o engenheiro Mario Covas esteve em Dracena, para a inauguração do asfaltamento da rodovia vicinal “Dr. Francisco de Assis Martucci”, no bairro das Palmeiras. Ao desembarcar da aeronave, diante do saguão do aeroporto estadual Muliterno, foi recepcionado por membros do diretório municipal do PSDB, autoridades municipais, imprensa e integrantes da população.
Ainda no aeroporto, concedeu sua primeira entrevista à imprensa local, rumando depois para o início da vicinal. Durante o ato, o frei Moacir Chinelato solicitou que o governador asfaltasse, futuramente, a estrada que leva à pousada Bom Samaritano. Covas prometeu a pavimentação da vicinal, o que de fato aconteceu, tempos depois.
Covas cumpriu seu primeiro mandato de janeiro de1995 a dezembro de 1998, sendo reeleito para o período 1999/2002. Só que a segunda gestão foi interrompida em 22 de janeiro de 2001, quando se afastou em decorrência de um …

COLUNA DE 27 DE SETEMBRO

Céu descongestionado
Aos poucos, o tráfego aéreo vai retornando à normalidade. Os candidatos ao Senado e às assembleias estadual e federal vão encerrando suas visitas aos municípios, na caça aos votos. Rapidamente, vão esquecer as promessas que fizeram. Mas como a cultura política tupiniquim não muda, daqui quatro anos estarão de volta e, ciceroneados pelos oportunistas de plantão, repetirão as mesmas propostas. O tormento de sempre
Segunda-feira (24), durante a sessão ordinária do legislativo, foram apresentados 12 requerimentos, três da lavra da vereadora Maria Gasques Mateus (PDT). A parlamentar pede medidas eficazes e urgentes para o combate aos pernilongos que têm infernizado a noite dos moradores da cidade. Também se mostra preocupada com a conservação e limpeza dos banheiros da praça Arthur Pagnozzi.
Olho vivo
O Poupatempo reitera que está tomando providências jurídicas contra sites que utilizam indevidamente a marca daquele programa, para dar golpe financeiro pela internet. Referid…

COLUNA DE 25 DE SETEMBRO

Apronte-se, pois vão mexer

Todos os candidatos à presidência da República reconhecem, de alguma forma, a necessidade de reformar o sistema previdenciário que apresenta crescente déficit, estimado em pouco mais de R$ 200 bilhões em 2019. Segundo o novíssimo site seudinheiro.com, ponto comum em três das propostas é a mudança do regime de repartição para capitalização. Atualmente, o modelo é de repartição, com os trabalhadores da ativa pagando os benefícios dos aposentados. O modelo é visto como insustentável tendo em vista que o número de trabalhadores crescerá em velocidade inferior ao de aposentados, nos próximos anos.
Perguntar não ofende
Os postulantes à presidência se revezam ao enfatizar a necessidade urgente da reforma da previdência. Será que já fizeram o cálculo do prejuízo causado pela falta de contribuição dos mais de 13 milhões de desempregados e de seus patrões?
Novo salto
Semana passada, houve novo reajuste no preço dos combustíveis. O litro do etanol, então comercializado por …

COLUNA DE 21 DE SETEMBRO

Carregado de razão
Um dos raros leitores da coluna envia correio eletrônico em que denuncia uma verdadeira baixaria de grande parte dos candidatos à presidência da República. “Ao invés de explicitarem seus planos e soluções para tentar reabilitar um país que desce – celeremente - a ladeira, os aspirantes à cadeira mal ocupada por Temer, preferem somente enaltecer os defeitos dos adversários”. O amigo está muito certo!
Ela merece
Outro dos renitentes leitores pede espaço para cumprimentar a secretaria municipal da Educação pelo avanço em dois importantes índices, sendo um aquele do Idesp, indicador de qualidade de ensino da rede estadual paulista, e outro do Ideb, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais “Anísio Teixeira”, órgão do ministério da Educação que indica qualidade de ensino no país.
Olho vivo
Atenção, membros do executivo, do legislativo e demais forças vivas do município: a rede de lojas de departamentos Havan fala em investir RS 500 milhões em 2019,…

COLUNA DE 18 DE SETEMBRO

Nota dez
A unidade do Poupatempo local efetuou 526 mil atendimentos em seus quatro anos de atendimento. Sem dúvida, é o mais bem sucedido empreendimento do governo estadual, nos últimos tempos. Aqui em Bauru, tenho usufruído dos serviços do órgão. Para se ter uma ideia, foram necessários apenas 35 minutos para a renovação da CNH.
É o fim...
Dados das secretarias de Educação do Maranhão e de São Paulo mostram que remuneração dos professores no estado nordestino é, de fato, maior que a dos profissionais de SP. No Maranhão, um professor do estado ganha R$ 5.750,83. Em São Paulo, R$ 2.585,00. As duas remunerações equivalem a uma carga horária de 40 horas semanais para professores da educação básica.

...da picada!
-Parte dos servidores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) pode ficar sem receber o 13º salário este ano, pela segunda vez. A instituição divulgou um comunicado interno aos funcionários, alegando dificuldades orçamentárias. O texto, de título "Comunicado sobre a situação orç…

COLUNA DE 15 DE SETEMBRO

Sai a chuteira, entra a gravata

O mercedense Renato Dirnei Florencio pode ser o novo diretor de esportes do Santos, sucedendo Ricardo Gomes que deixou o cargo. Com 39 anos, o meio-campista tem contrato com o Peixe até o fim do ano. O jogador revelado nas equipes de base da antiga Comissão Central de Esportes (CCE) de Dracena, teve passagens brilhantes pelo Guarani de Campinas, Sevilha da Espanha, Botafogo do Rio e seleção brasileira. Recentemente, Renato declarou que, ao deixar os gramados, não gostaria de ser treinador, “mas de trabalhar nos bastidores”.
Fim da secura?
Ainda que de maneira bastante suave, a chuva retornou à microrregião, nesta sexta-feira. Para hoje, a projeção é de 6 milímetros, com pancadas de manhã e à noite. Índices maiores para amanhã (18mm) e segunda-feira (25mm). Com as precipitações, cai a temperatura e aumenta a umidade do ar.
Os efeitos do quebra-quebra
A secretaria estadual de Administração Penitenciária calcula que vá gastar por volta de R$ 1 milhão para recu…

COLUNA DE 11 DE SETEMBRO

Começar de novo

Sábado, quase um ano e meio desativada - em função de uma chuva de granizo que provocou profundos danos - foi reaberta a Unidade Básica de Saúde do jardim Santa Clara. Espera-se que os discursos e louvações da solenidade sejam substituídos, gradativamente, por médicos e demais profissionais da área. Afinal, os moradores da região que já foi conhecida como vila Esquecida, merecem.
Tempos de secura
Institutos meteorológicos prevêem chuva para quinta-feira, na Nova Alta Paulista que sofre com a baixa umidade do ar e problemas consequentes. Professor da Unesp de Ilha Solteira, o junqueiropolense Braz Tangerino Hernandez declarou a jornal da Globo que, em sua região, não chove há quatro meses.
Promessas de campanha
Governador em exercício e postulante a continuar no cargo, na eleição de outubro, Márcio França (PSB) anunciou que pretende abrir os Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs), nos finais de semana. Pontuou que o objetivo é acabar com a demanda de exames em todo o…

COLUNA DE 8 DE SETEMBRO

Antes do Einstein...
De acordo com interessante matéria da revista Piauí, da qual reproduzimos um trecho, o atendimento que salvou Jair Bolsonaro (PSL) do ataque em Juiz de Fora (MG) foi feito em uma unidade da rede pública de saúde. Antes de ser transferido para o hospital Albert Eistein, na manhã desta sexta-feira, o presidenciável esteve nos corredores do Sistema Único de Saúde (SUS) e foi salvo por R$ 367,06, preço pago pelo sistema por aquele tipo de cirurgia.
... veio o SUS
Segundo levantamento da revista Piauí, na tabela do SUS, o procedimento feito por Bolsonaro é descrito “como tratamento cirúrgico de lesões vasculares traumáticas do abdômen”. Já o hospital Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora será remunerado em R$ 1.090,80.
Vai para a poupança
Responsável pela operação, o cirurgião vascular Paulo Gonçalves de Oliveira Junior almoçava com a família, quando foi deslocado para a unidade de saúde mineira. Um de seus papéis foi identificar o local da hemorragia, evitar a perda …