Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

COLUNA DE 30 DE AGOSTO

Competindo com Mônaco

A charmosíssima Monte Carlo é famosa pelas corridas de Fórmula Um que se desenvolvem nas ruas daquele luxuoso principado. Sem as mesmas belezas e ainda não dotada de cinematográficos cassinos, esta trepidante comuna está se tornando tristemente conhecida pelos acidentes de trânsito, envolvendo diversos pilotos amadores. O número elevado daqueles lamentáveis eventos pode ser mensurado pela quantia de matérias apresentadas pelos vereadores, na sessão de segunda-feira passada. Eles querem redutores de velocidade na rua São Paulo; no trecho da Rui Barbosa entre um ferro-velho e a Reges; lombada na Joaquina Maria André e contenção da alta velocidade das “máquinas” na Presidente Vargas, trecho da Edson Silveira Campos e a Rui Barbosa.
Tirem as crianças da sala
Inicia-se nesta sexta-feira o horário eleitoral obrigatório, nas emissoras de rádio e de televisão do país. Até proximidades do pleito de 7 de outubro, candidatos conhecidos desfilarão suas propostas para acabar com…

COLUNA DE 28 DE AGOSTO

Imagem
Aos tupienses, com carinho

Hoje, o vizinho município está completando 77 anos de existência. Conheci-o em janeiro de 1965, quando peguei um ônibus e fui bater às portas do CENE, na avenida Tiradentes. Recém-formado pela USC de Bauru, buscava obter minhas primeiras aulas, no magistério oficial. José Florentino de Souza Araújo era o diretor da maior escola da cidade e, logo de cara, atribuiu-me 33 aulas semanais de Francês. Nos anos seguintes, com a implantação do curso clássico, também lecionei Português e Latim.
De braços abertos
A acolhida dos alunos e dos moradores tupienses foi emocionante. Em pouco meses, já estava perfeitamente integrado à comunidade. A mudança para Dracena, após 4 anos, somente se deu em função de uma proposta irrecusável do Ginásio Estadual de 2º Grau, à época dirigido pela professora Vera Miranda. Mas os vínculos com Tupi permanecem até hoje, pois no CENE se iniciou trajetória de 33 anos no magistério do estado.
Professores
Na passagem pelo CENE, trabalhei com pr…

COLUNA DE 25 DE AGOSTO

Imagem
Nem sempre é bom recordar
Há 57 anos, em 25 de agosto de 1961, o Brasil acordava atônito. Nem bem completados 8 meses de sua posse, Jânio Quadros renunciava ao cargo de presidente da República. Figura contraditória da política, o campo-grandense foi enfático ao justificar a saída pelas portas do fundo: “Forças terríveis se lançaram contra mim”.
As grandes façanhas
No curtíssimo mandato, o esquisito cidadão se destacou por medidas hilárias. Inicialmente, proibiu o biquíni na transmissão televisada dos concursos de miss, vetou as rinhas de galo, o lança-perfume em bailes de carnaval e regulamentou o jogo carteado. Também planejou anexar a Guiana Francesa, tendo enviado tal ordem ao governador do Amapá, Moura Cavalcanti, além de condecorar Che Guevara
Folclore riquíssimo
Dizem os críticos que Jânio frequentava, todas as noites, o cinema do Palácio do Alvorada onde assistia aos filmes em companhia de uma ou duas garrafas de uísque. Garantem que, na manhã da renúncia, o presidente foi abordado…

COLUNA DE 23 DE AGOSTO

Lacuna impreenchível

A cidade perdeu, no início da semana, um de seus grandes representantes. Em mais de meio século, Walter Zanon foi membro atuante da comunidade, em vários segmentos. Empresário do ramo de móveis, também se destacou na política como vereador (um mandato) e no esporte. Apaixonado pelo Dracenão, foi seu presidente e ocupou outros cargos da diretoria do time, em sua fase áurea. Aos familiares, sentidas condolências.
Padrinho e afiliado
Ontem, a Câmara Federal decidiu declarar a perda do mandato do deputado afastado Paulo Maluf (PP-SP). O parlamentar cumpre prisão domiciliar em São Paulo por ter sido punido pelo STF, pelo crime de lavagem de dinheiro. Por coincidência, ainda ontem, a Justiça americana condenou o ex-presidente da CBF José Maria Marin (86 anos), a 48 meses de prisão. Protegido de Maluf e seu vice, no governo de São Paulo (na época da ditadura), Marin tem que pagar multa de US$ 1,2 milhão por receber propinas e lavar dinheiro no escândalo de corrupção da Fif…

COLUNA DE 21 DE AGOSTO

Imagem
OS MESTRES DA BOLA

Nos anos 1970 e 1980, professores e alunos da Escola Técnica de Comércio realizavam acirrados torneios de futsal, na quadra do Xadrez Tênis Clube. Participavam atletas dos 1º, 2º e 3º anos do estabelecimento e os professores das diversas áreas do curso de Contabilidade. Naquele tempo, a escola era dirigida pelo professor Luizinho Moraes e funcionava na rua Brasil, entre Euclides da Cunha e Duque de Caxias. Posteriormente, foi absorvida pelo Anglo-CID e se mudou para o atual prédio da Unifadra. Para desespero dos alunos, a maioria dos campeonatos foram vencidos pelos mestres que possuíam formações experientes, formadas por jogadores que participavam de equipes amadoras ou já haviam se destacado em outros clubes. Alguns já se foram, os remanescentes curtem a merecida aposentadoria.
No time da década de 1970, aparecem José Florentino, Lauro Issao, Antonio Brunholi, Paulo Tahara e Durval (de pé); Vicente Paulo, Valdir Andrêo e William Água Nova (agachados)


























No esquadrão dos a…

COLUNA DE 16 DE AGOSTO

Gerentes de plantão

A partir de amanhã, aposentados e pensionistas do INSSjá podem consultar o valor exato da primeira parcela do abono de Natal, data que a Previdência começa a processar a folha de pagamentos do mês de agosto.Nessa etapa, os aposentados receberão exatamente a metade do valor do benefício.O depósito da primeira parte vem sem a cobrança do Imposto de Renda.
Por falar em salário...
No Brasil, um amaciante Comfort de dois litros custa R$ 12,98, equivalente a quase três horas de trabalho; no Reino Unido, uma embalagem de três litros do mesmo produto sai por quatro libras, ou seja, 32 minutos de trampo. Aqui, uma caixa de cápsulas de café da DolceGusto (com 30 unidades) é comercializada por R$ 34,90, equivalente a 8 horas e 25 minutos de atividade. No Reino Unido, caixa de 16 unidades custa 4,49 libras, equivalente a 36 minutos de trabalho.
Vai encarar?
A Band promove hoje, às 22 horas, o debate entre os candidatos ao governo de São Paulo. Os postulantes ao trono do Bandeirante…

COLUNA DE 14 DE AGOSTO

Uma no cravo...
O preço do litro de etanol baixou em postos de 17 estados e do Distrito Federal, nos últimos dias. A informação é da Agência Nacional do Petróleo que enfatiza que o mínimo registrado num estabelecimento de São Paulo, semana passada, foi de R$ 1,97. Os paulistas ainda pagaram o menor preço médio do país, correspondente a R$ 2,46, o litro. Compensa abastecer com etanol em São Paulo, Goiás, Minas, Mato Grosso, Rio e Paraná.
... outra na ferradura
Na contramão do etanol, a conta de luz já aumentou quatro vezes mais que a inflação, este ano. Enquanto o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ficou em 2,94%, a energia elétrica subiu 13,79%. Estiagem prolongada, alta da moeda norte-americana e o crescente preço dos subsídios, encargos e tributos nas tarifas elétricas são elencados como vilões para a disparada dos preços.
Cortina de fumaça
Dias Toffoli que assume a presidência do Supremo Tribunal Federal, dia 13 de setembro, pretende extinguir feriados que existem some…

COLUNA DE 11 DE AGOSTO

Dia sim...Quarta-feira, os membros do Supremo Tribunal Federal incluíram no orçamento daquela vetusta casa, para o ano de 2019, um reajuste de 16,38% em seus abastados salários. Como era previsto, a medida causou estupor e revolta. Até mesmo a ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, criticou o exagero do aumento. O manjado Ricardo Lewandowski justificou a sangria como “uma recuperação de perdas”.
... dia não
Ontem, o Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) aprovou, por unanimidade, o orçamento do MPF para o ano de 2019. Incluíram aumento de 16,38% para todos os procuradores da República, a exemplo do que fizeram os ministros do STF, em relação a seus próprios vencimentos. Caso o reajuste seja confirmado pelo Congresso, o salário de um procurador da República deve superar os R$ 33 mil.
Verdadeiro deboche
Enquanto STF e MPF nadam de braçadas, o reajuste do salário mínimo - no começo deste ano - ficou abaixo da inflação pelo segundo ano consecutivo. O índice que pela lei é…

COLUNA DE 7 DE AGOSTO

Tava faltando reza?

A chuva que caiu sobre esta cidade, na tarde de sexta-feira (3) não suplantou um milímetro. O mesmo não se verificou em outras regiões onde as águas foram abundantes. Em Avaré, a precipitação bastante generosa foi seguida de queda de granizo. Ao longo da sexta-feira, em Bauru, a estiagem disse adeus com chuva que alcançou 60 milímetros. Só que a frustração dos dracenenses teve fim, domingo e ontem. Segundo a Cati e a Unesp, choveu 33 milímetros, após 110 dias de secura.
Feliz coincidência
Com as chuvas dos últimos três dias, as temperaturas caíram. Assim, os comerciantes que sobrevivem a uma prolongada fase de vagas magras, puderam iniciar uma liquidação de inverno, às vésperas das comemorações do Dia dos Pais. A expectativa é que as vendas aumentem por volta de 10%, em relação ao mesmo período de 2017.
Fim do namoro
Ontem, postos de combustíveis locais vendiam o litro de etanol por R$ 2,45, em média. Um valor praticado na maioria dos estabelecimentos da região. Um moto…

COLUNA DE 4 DE AGOSTO

Imagem
O tempo passa
Nos anos 1970 e 1980, a Divisão Regional de Ensino de Presidente Prudente - à qual se subordinava a Delegacia de Ensino de Dracena - realizava cursos de aperfeiçoamento e atualização, constantemente. A DE de Dracena que abrangia escolas públicas de Adamantina até Panorama, possuía uma seleta equipe de monitores que ministravam os cursos para os demais colegas da rede. Eram docentes efetivos ou contratados que lecionavam no Isac Pereira Garcez, Julieta Guedes, Ginásio II Unidade (depois 9 de Julho) e Luiza Rossa Ribeiro, entre outros estabelecimentos locais. Antonio Botasso e José Calderero cuidavam da Matemática; Nilce Arinos de Carvalho e Odair de Andrade trabalhavam com História e Geografia; Vera Lopes de Miranda (Língua Inglesa); Nair dos Santos e Valdir Andrêo (Língua Portuguesa e Literatura Brasileira), Luiz Gonzaga A. Moraes e Edésio Zanata (Desenho e Educação Artística), Aureluz Comte e Stelinha (Pedagogia). No encerramento de uma das jornadas, o grupo foi fotografad…