COLUNA DE 22 DE FEVEREIRO

Encontro oportuno

Amanhã, na vizinha Tupi Paulista, reúnem-se os integrantes da Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista (Amnap). O presidente Alexandre Tassoni Antonio comanda o evento que deve ter a presença de vários prefeitos, vereadores e convidados, entre eles postulantes às assembleias estadual e federal.

Como começou

A Amnap foi fundada em 20 de julho de 1977, tendo o ex-prefeito desta cidade, Paulo Tahara, como primeiro presidente. Na edição do dia 23 do mesmo mês, o bi-semanário Tribuna do Povo pontuava: “A entidade surgiu por inspiração dos dracenenses que desejam a união de forças das cidades da Nova Alta Paulista, completamente abandonadas pelos governos da União e do estado. A única maneira de se fazer presente e forte surgiu agora”.

Os primeiros comandantes

A diretoria pioneira tinha, além de Paulo Tahara, os vice-presidentes Jorge Abdo Sader (Lucélia) e Ademar de Oliveira Lima (Osvaldo Cruz). Gildomar Pax Pedroso (Adamantina) e Nadir Pousa (Panorama) eram os secretários, enquanto Ruben Sérgio Benetti (Tupi Paulista) e Koitiro Sato (Pacaembu) assumiram a tesouraria. Jair José da Silva (Junqueirópolis) foi nomeado coordenador.

A pauta de sempre

Passados 41 anos do nascimento da associação, os temas preponderantes da reunião devem ser os mesmos: saúde, educação, segurança, finanças, transportes e saneamento. Que os participantes encontrem fórmulas para, no mínimo, minimizar as gritantes carências naqueles setores.

Para fechar

Na mesma edição, a Tribuna também publicava que o professor José Roberto Zarzur, então vereador e presidente do Dracenão, fora nomeado para chefe do Posto do Atendimento do Trabalho.

VALDIR ANDRÊO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLUNA DE 27 DE MARÇO

COLUNA DE 21 DE ABRIL

COLUNA DE 20 DE MARÇO